quarta-feira, 23 de maio de 2012

Atividades Pedagógicas


 PLANO DE AEE PARA ALUNO COM DEFICIÊNCIA FISICA


Plano de AEE


Objetivos do plano:
Possibilitar e ampliar a participação do aluno nos desafios educacionais, bem como garantir com autonomia a permanência e a participação do mesmo na escola.

Organização do atendimento:
  • Período de atendimento: fevereiro a dezembro
  • Frequência : 2X por semana
  • Tempo de atendimento:  45 min 
  •  Composição do atendimento:  Individual
 Atividades a serem desenvolvidas no atendimento ao aluno:
  • Atividades com software para comunicação alternativa com símbolos gráficos;
  • Dominó das cores, feito em madeira, cada peça possui duas cores, facilitando a nomeação de cada uma, a discriminação visual e a correspondência um a um;
  • Dominó de quantidades, em relevo, auxilia na discriminação visual das quantidades;
  • Dominó de figuras geométricas permite a discriminação visual e tátil das figuras, pode ser manuseado sob a carteira ou na posição em pé, permitindo movimentos de flexão e extensão de braços;
  • Dominó de texturas permite o desenvolvimento da discriminação visual de padrões e discriminação tátil, requisitos importantes para alunos que tenham alterações sensoriais. Pode ser utilizado para viabilizar a alfabetização, que exige discriminação apurada de símbolos na forma gráfica;
  • Dominó de quantidades e numerais em relevo permite o desenvolvimento da discriminação visual e discriminação tátil. Auxilia no desenvolvimento da relação entre quantidade e numeral;
  • Dominó temático permite o desenvolvimento da discriminação visual, auxilia o professor a trabalhar com temas desenvolvidos em aula;
  • Quebra cabeça de cubos permite trabalhar com a percepção visual e discriminação de figuras (parte/todo). Cada parte do cubo apresenta uma figura, sendo possível montar 6 desenhos diferentes;
  • Caixa de estimulo auxilia no ensino de cores, na aquisição de conceitos como dentro e fora, abrir e fechar, tirar e colocar. Auxilia, também, no treino da coordenação viso-motora. Pode ser utilizado na posição sobre a carteira ou na posição em pé;
  • Jogo de adivinhação permite trabalhar com percepção tátil sinestésica, discriminação e identificação de formas e texturas;
  • Jogo da memória auxilia o desenvolvimento da memória visual, a forma de cada peça possibilita ao aluno manuseá-la com pinça lateral, com pinça em dois ou mais dedos ou mesmo utilizar ambas as mãos para empurrar e virar as peças;
  • Quebra cabeça imantado auxilia na discriminação de figuras parte/todo; 
  • Pés e mãos de borracha auxiliam na discriminação de distâncias entre um passo e outro e possibilita treinar a posição de engatinhar. Facilita ao aluno trabalhar com o próprio corpo, e adquirir noções de espaço e tempo;
  • Tangram imantado visa desenvolver o raciocínio lógico e a discriminação de formas e cores, dentre outras;
  • Jogos dos numerais auxilia a identificação de numerais e de quantidade, o manuseio das peças permite a estimulação da coordenação motora;
  • Ábaco de argolas auxilia na compreensão do sistema de unidades, na aquisição da noção de cores e permite trabalhar com movimentos de flexão e extensão de membros superiores;
  • Correspondência um a um permite relacionar o numeral com a quantidade;
  • Régua de madeira adaptada;
  • Multiplicação em pizza permite demonstrar a multiplicação entre números apenas trocando o multiplicador central. Assim, possibilita montar operações sem que seja necessário ao aluno armá-las e copiá-las em papel;
  • Separador para material dourado auxilia na separação do material dourado. Os Compartimentos facilitam uma melhor visualização das unidades, dezenas e centenas, melhorando a concentração do aluno na atividade de matemática;
  • Correspondência facilita trabalhar conteúdos de matemática principalmente conceitos como mais/menos, igual/maior/menor que são base para a aquisição de outros conhecimentos;
  • Pescaria trabalha a sensibilidade sinestésica e a coordenação viso-motora. Cria a oportunidade para participação em brincadeiras, em gincanas, auxilia em movimentos de extensão e flexão de membros superiores. As ilustrações e os nomes escritos nos peixes podem ser utilizados para a leitura;
  • Livro de texturas trabalha a sensibilidade tátil e sinestésica, a discriminação de cores e texturas. A cada página o aluno encontra uma nova história com texto e ilustração. Na ilustração, os materiais utilizados permitem ao aluno vivenciar várias sensações táteis, o que serve como estímulo para manusear o livro;
  • Alfabeto móvel permite ao aluno executar exercícios de Alfabetização;
  • Bingo de palavras e letras leva o aluno a reconhecer e memorizar as letras do alfabeto e as famílias silábicas. Favorece o treino de atenção. É utilizado como alternativa para escrita quando o objetivo é a fixação de símbolos gráficos;
  • Jogo de inversão e rotação facilita a discriminação de relações espaciais. O jogo facilita o reconhecimento das letras, tais como “p” por “q” ou “b” por “d”. Também Pode ser utilizado para alunos que fazem a rotação de letras como, por exemplo, “b” por “q” ou “d” por “p”.
 Seleção de materiais a serem produzidos para o aluno.
  • Dominó de texturas;
  • Jogos dos numerais;
  • Jogo de multiplicação em pizza;
  • Jogo de correspondência;
  • Jogo de pescaria;
  • Livro de texturas;
  • Jogo de inversão e rotação.
 Adequações de materiais:
  • Dominó das cores, feito em madeira;
  • Dominó de quantidades, em relevo;
  • Dominó de figuras;
  • Dominó de quantidades e numerais em relevo;
  • Dominó temático;
  • Quebra cabeça de cubos;
  • Caixa de estimulo;
  • Jogo de adivinhação;
  • Jogo da memória;
  • Quebra cabeça imantado;
  • Tangram imantado;
  • Separador para material dourado;
  • Alfabeto móvel.
Tipos de parcerias necessárias para aprimoramento do atendimento e da produção de materiais:
Profissionais da área de saúde como fonoaudiólogo, neurologista, psicólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, ortopedista, que poderão ser solicitados a atuar na avaliação oftalmológica para verificação de acuidade visual, prescrição de lentes e lupas; na avaliação fonoaudiológica de audição e linguagem; na avaliação da condição motora para especificação de recursos como órteses, próteses, recursos de mobilidade, entre outros, além de contribuírem com informações, conhecimentos e experiências que venham subsidiar e qualificar o atendimento do aluno.

Profissionais da escola que receberão orientação do professor de AEE sobre serviços e recursos oferecidos ao aluno:
  • Professor de sala de aula;
  • Professor da Educação Física;
  • Colegas de turma;
  • Diretor escolar;
  • Equipe pedagógica;

Avaliação dos resultados:

As avaliações ocorrerão em parceria com a família, a professora da sala de aula comum, psicopedagoga partindo de observações do ritmo do aluno registrando essas observações na ficha de acompanhamento individual do aluno, bem como avaliando a execução do plano analisando mudanças no desempenho escolar.







PLANO DE AEE PARA ALUNO COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA

Plano de AEE

Objetivo do plano:
Promover o desenvolvimento da língua de sinais - LIBRAS e o ensino da Língua Portuguesa escrita.

Organização do Atendimento:
Período de atendimento: Durante todo o ano letivo
Frequência: 02 vezes por semana
Tempo de atendimento: 50 minutos
Composição do atendimento: Individual e coletivo

Atividades a serem desenvolvidas no atendimento ao aluno:
  • Teatro;
  • Jogos;
  • Exposição de trabalhos;
  • Recorte e colagem;
  • Atividades lúdicas em Libras (caça-palavras, caça-sinais, liga-pontos e cores).

Seleção de materiais a serem produzidos para o aluno.
  • Apostila com atividades em libras;
  • Brinquedos e jogos educativos;
  • Material artístico das áreas de Teatro, Música, Dança e Artes Plásticas;
  • Espelhos; livros de contos e histórias em geral;
  • Aparelhamentos de som, vídeo, filmagens e fotografia;
  • Alfabeto móvel em Libras;
  • Painel de gravuras.

Adequações de materiais:
  • Alfabeto em LIBRAS;
  • Caderno com gravuras em Libras e legenda em Português;
  • Computador com instalação de software em Libras.

Tipos de parcerias necessárias para aprimoramento do atendimento e da produção de materiais:
  • Psicólogo;
  • Psicopedagogo;
  • Fonoaudiólogo;
  • Interprete.

Profissionais da escola que receberão orientação do professor de AEE sobre serviços e recursos oferecidos ao aluno:
  • Professor de sala de aula;
  • Professor da Educação Física;
  • Colegas de turma;
  • Diretor escolar;
  • Equipe pedagógica;
  • Família.

Avaliação dos resultados:

O plano deverá ser avaliado em um caderno ou ficha de acompanhamento com os registros das atividades realizadas, como também seu uso e recurso em sala de aula, no AEE e no ambiente familiar.







Nenhum comentário:

Postar um comentário